• Facebook
  • Instagram

Todo comportamento

tem uma história

Muitos problemas como: depressão, ansiedade, procrastinação, tem origem em eventos ocorridos na infância e a grande maioria das pessoas ainda não sabem disso. 

Vamos descobrir, 

entender e ressignificar os seus?

No mundo, nos últimos anos, houve um aumento de 4,4% de pessoas diagnosticadas com transtornos mentais. No Brasil, esse percentual é de 5,8%, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

5,8% de pessoas diagnosticadas com transtornos mentais no Brasil

Uma quantidade enorme de pessoas estão frustradas, vivendo círculos viciosos e sem saber como sair. Sofrem por não ter conseguido realizar tudo o que planejaram ou vivem em prol da vida de outras pessoas e esquecendo da sua.

Somos expostos ao estresse o tempo inteiro.

Muitas pessoas terminam se sentindo usadas, percebem que não passam de ferramentas e meio de realização da estratégia de uma outra pessoa. Outras vivem pela mãe, pelo pai, marido ou esposa e filhos sentindo que deixou para trás sonhos e projetos importantes.

Até 2020, depressão será a doença mais incapacitante do mundo.

A falta de realização profissional é um dos grandes fatores para depressão e ansiedade. A instabilidade financeira e o medo de encarar novos desafios terminam deixando as pessoas presas a trabalhos que não gostam ou mantendo negócios que não rendem o necessário.

Elas sabem que precisam mudar

MAS POR QUAL MOTIVO NÃO CONSEGUEM?

Você já nasce com uma Carga Genética dos seus pais

Hoje já entendemos que o feto começa a aprender durante a gestação. "Já se sabe que esse período marcou você para sempre, moldando seu jeito de ser, seus medos e seu humor." (Superinteressante, Junho/1998).

Desde o começo da gestação, as emoções e os humores materno afetam o filho.

"Durante a gestação, a mãe tem problemas de saúde, sociais, financeiros, sentem medo. Esse bebê já está conhecendo a dor e a emoção e isso terá reflexos em sua vida adulta" (Superinteressante, Junho/1998).

As conexões neurais primárias se dão até, em média, os 08 anos de idade. Durante esse período registramos todo o aprendizado que servirá de base para nossos comportamentos na vida adulta.

A Maturidade Neurofisiológica é o que torna possível determinado padrão de comportamento.

Psicologia do Desenvolvimento Humano, Brasil Escola, 2001

Nessa fase que nosso cérebro aprende a importância de automatizar, desde os mais simples aos mais complexos processos, gerando o que chamamos de padrões de comportamento. Nessa época, aprendemos nossa resposta a todo estímulo criado pelo ambiente.

 

Nosso cérebro está como uma esponja absorvendo tudo ao redor e, o mais curioso, é que mesmo sendo um órgão cheio de capacidades, ele não consegue discernir o certo do errado, o bom do ruim. Ele apenas aprende absorvendo e processando informações!

Na idade adulta, não surge nenhuma nova estrutura mental.

Psicologia do Desenvolvimento Humano, Brasil Escola, 2001

Nesse contexto, é importante observar que nossos pais aprenderam com os pais deles, e mais uma vez, são pessoas que seguiram a vida repetindo padrões, pouco importando saber se eram certos ou errados.

 

E adivinha? Nós aprendemos com nossos pais da mesma forma que eles aprenderam com os pais deles. E, quer saber o pior? Você está ensinando o mesmo aos seus filhos e talvez só tenha se dado conta disso agora que está me lendo!

Por isso precisamos entender que

nosso cérebro aprende, basicamente, de duas formas: 

A PRIMEIRA É POR REPETIÇÃO

Qualquer coisa que desejar aprender, basta continuar fazendo que, em algum momento, seu cérebro entende e automatiza mais essa tarefa.

 

Por exemplo: se alguém te falar que você é verde por muitas vezes, existe uma grande chance de em algum momento você começar a se enxergar verde.

 

Pense por outro ângulo: se alguém, repetidas vezes te falou que você é fraco, incapaz, burrinho, feinho, adivinha o que aconteceu? Vale uma pausa para reflexão: Quantas coisas disseram sobre você, sua aparência, capacidades e você acreditou? 

Por conta disso, adotamos a frase:

TODO COMPORTAMENTO TEM UMA HISTÓRIA

A SEGUNDA É POR FORTE IMPACTO EMOCIONAL

Pense que uma pessoa é forte, determinada, não tem nenhum medo de sair para qualquer local. Só que, um dia alguém chega de surpresa, coloca uma arma na cabeça dela e anuncia um assalto e começa a agredir essa pessoa. Aquele impacto emocional é tão forte que qualquer situação semelhante faz ela ter medo. Logo, essa pessoa não tem mais a coragem que tinha de sair na rua a qualquer dia e horário.

 

Aquela emoção é tão forte que causa uma série de comportamentos na vida dela. Ela passa a ser insegura, medrosa, a se isolar, a não querer mais sair. Aí, paramos para outro momento de reflexão: E quando papai e mamãe deram aquela surra que você pensou que ia morrer? E aquela pessoa que foi abusada sexualmente? Quais comportamentos você acha que essas pessoas desenvolveram?

Agora que já aprendeu e entendeu por qual motivo muitas pessoas entram em depressão, estão estressadas, ansiosas, com medo, tem problemas nos relacionamentos, sofrem com distúrbios alimentares, vamos falar sobre os principais sabotadores da sua felicidade e os impactos que eles podem ter sobre sua saúde.

Mas afinal, quais são os SABOTADORES

da sua felicidade?

Outros sabotadores:

Autocobrança, abuso sexual, distúrbios alimentares, perda e/ou morte, perfeccionismo, procrastinação, relacionamentos abusivos, relação com o dinheiro, super-proteção, insegurança, timidez.

Essas informações não configuram um diagnóstico médico. Se você se identifica com algum dos sabotadores descritos, pode buscar a ajuda dos profissionais nesse site e um profissional da área médica.

DEPRESSÃO

Esse sabotador possui uma variedade de sintomas. Mas, entre eles estão: sensação persistente de tristeza, alteração do sono, do apetite, do nível de energia, de concentração, no comportamento diário e na autoestima. Pode causar apatia, ganho ou perda de peso, repetição incessante de pensamentos negativos, mudanças no humor, isolamento social, descontentamento geral, perda de interesse e pensamentos suicidas. Essa variedade de sintomas pode ser física, emocional ou comportamental. 

VÍCIOS

Estes sabotadores têm impacto em diversas áreas: vida social, profissional, amorosa e, principalmente, na vida familiar. E, dependendo do impacto e da gravidade, pode trazer graves problemas ou, até mesmo, acabar com a vida de uma pessoa. Compulsão, nervosismo, ansiedade e problemas relacionais são alguns dos sinais que a pessoa está sofrendo com este sabotador. Entre eles, estão os vícios em: bebidas alcoólicas, drogas ilícitas (Cocaína, heroína, crack e drogas sintéticas), pornografia, jogos, cigarro, sexo, remédios, redes sociais, internet, celular e smartphones, jogos de azar e apostas.

ABANDONO

Esse sabotador pode causar, além de problemas de saúde, depressão, tristeza, baixa autoestima, deficiências no comportamento mental e social para o resto da vida, isolamento do convívio de outras pessoas, problemas nos estudos, nos relacionamentos. 

FOBIAS

Este sabotador apresenta como sintomas físicos: falta de ar, ataques de pânico, taquicardia e tremedeira. Isso pode ocorrer devido ao medo irracional e neurótico diante de uma situação ou objeto. Causa tanto medo que pessoas com este sabotador evitam pessoas e lugares para não se expor ao perigo. Isso inclui: medo de altura, espaços abertos, com multidões ou fechados, medo de aranhas, de catástrofes, de pessoas, de falar em público, de ficar sozinho, da noite ou do escuro, de animais, da morte e qualquer outro medo excessivo.

ANSIEDADE

Esse sabotador pode causar preocupação intensa, persistente e medo de situações cotidianas. Podem ocorrer sintomas parecidos com o quadro de estresse, como por exemplo, frequência cardíaca elevada, respiração rápida, sudorese e sensação de cansaço. Além disso, pode ocorrer tremores, sensação de falta de ar ou asfixia, tontura, calafrios, ondas de calor, boca seca, mãos frias e suadas, desconforto abdominal, diarreia, náuseas, dificuldades para engolir, angústia, aflição e entre outros sintomas físicos ou psicológicos. 

ESTRESSE

Esse sabotador, de forma excessiva e persistente, pode alterar a pressão arterial, aumentando assim, os riscos de doenças cardiovasculares como o acidente vascular cerebral, hipertensão, infarto, dentre outros. Pode causar problemas digestivos como azia, má digestão, gastrite e até mesmo uma formação de úlcera. Pode deixar o coração e a respiração acelerados, boca seca, dor de barriga, tremores e tonturas, suores nas mãos, sensação de nó na garganta e voz presa. Pode causar, também, dores de cabeça, dores musculares, cansaço e distúrbio do sono. Pessoas estressadas comumente são angustiadas, ansiosas e irritadiças.

Veja mais informações sobre seus sabotares

Em parceria com nosso mestre, Rafael Kraisch, instrutor de hipnose e hipnoterapia, separamos uma galeria de vídeos que podem te explicar profundamente como a hipnose e a hipnoterapia podem te ajudar de forma rápida e eficaz na reeducação do seu subconsciente. A melhor forma de ampliar seus resultados é conhecer e entender como agem os seus sabotadores:

A Hipnoterapia pode ajudar você a assumir sua vida

A hipnoterapia é a forma mais rápida e eficaz

de reeducar seu subconsciente.

A hipnoteria é uma modalidade terapêutica que utiliza a hipnose para acessar suas memórias e emoções e, a partir disso, reeduca-la com relação ao seu sofrimento. 

A hipnose é uma capacidade natural da sua mente onde é possível concentrar-se em apenas uma ideia. É um estado que ocorre de forma espontânea como um recurso mental e também pode ser induzida por um hipnotista a partir de sugestões simples. 

É um processo totalmente ativo onde você está no comando. 

Usando sua imaginação, pensamento, emoções, percebendo seus gatilhos internos e o que você sente ao lembrar de algo, ao acessar memórias que, por vezes, estavam ocultas na sua mente. 

 

O hipnoterapeuta é apenas um facilitador desse processo que você mesmo conduz.

A Hipnoterapia ajuda a ressignificar CRENÇAS LIMITANTES

A hipnoterapia também é muito eficaz no processo de reeducação de crenças limitantes

CRENÇAS LIMITANTES são pensamentos que, de alguma forma, limita você em diversas áreas da vida. Pensamentos do tipo "Dinheiro é sujo", podem fazer com que uma pessoa não seja próspera na vida.

Esse sistema de crenças se forma através da repetição ou por forte impacto emocional, geralmente durante a infância.

"Não tenho tempo pra nada!"

"NEM VOU TENTAR"

"Não consigo"

"Homem não presta"

"Dinheiro não dá

em Árvore"

QUEM SÃO AS PESSOAS QUE PODEM TE AJUDAR?

Eles estavam aí no mesmo lugar que você está agora. Pesquisando, buscando e tentando encontrar as respostas que precisavam para mudar suas vidas e sair do sofrimento que se encontram naquele momento.

 

E, justamente depois de passarem pelo processo de autoconhecimento, muito estudo e por diversas ferramentas que mudaram completamente a vida deles, agora estão aqui para te ajudar.

Amanda Dantas

Hipnóloga e Hipnoterapeuta Avançada com Neurociência, formada pelo 

Método Kraisch.

 

Realiza atendimentos em consultório na área de Hipnoterapia para auxílio ao tratamento de doenças 

psicossomáticas, problemas de relacionamento, financeiros,

vícios, traumas e fobias.

 

Membro do Master Mind Jailson Pinheiro, pelo Instituto Acrópole de Educação e Desenvolvimento Humano.

Enfermeira formada pela 

Universidade Salvador UNIFACS

Laureate  International Universiteis. Bolsista de Iniciação Científica pela instituição de fomento CNPq durante três anos.

 

Têm experiências nas áreas de Hipnose e Hipnoterapia, Inteligência Emocional, Violência Doméstica, Violência Sexual, Saúde Coletiva e com ênfase em Saúde Pública.

 

Concluiu a graduação recebendo prêmio de Honra ao Mérito pela obtenção das melhores notas

no curso de enfermagem, iniciado em fevereiro de 2010 e concluído em dezembro de 2013.

  • Insta Amanda Leite Hipnoterapeuta
  • Face Amanda Leite Hipnoterapeuta

Wedson Mendes

Iniciou a jornada de autoconhecimento na Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional-Sbie, na formação Lotus de Inteligência Emocional.

 

No Instituto Imelco, fez a formação em Microexpressões Faciais, Aferição de Mentiras e Linguagem Corporal. Participou das três imersões em hipnose clássica com neurociência, bem como, da primeira formação em hipnoterapia avançada com neurociência, com o Rafael Kraisch e o Jailson Pinheiro, em Salvador. Participou da Imersão em Inteligência Neuroemocional com o Prof. Jailson Pinheiro em todas as edições.

 

Formado em Analista Comportamental pela Sbcoaching, Expert em Persuasão e Influência pela Sociedade Brasileira de Copywriting – SBCopy.

Atua na área de desenvolvimento humano há mais de 10 anos e, desde 2006, como gestor de escolas de formação profissional. Coordenador de Formações do Instituto Acrópole e do Professor Jailson Pinheiro, Coordenador de formação da Imersão Neuroemocional, atuando há mais de um ano, e em todas as edições do evento. Teve sua vida transformada pela educação e, em todos os trabalhos que desenvolve, busca fazer o mesmo pelas pessoas que passam por seus projetos.

  • Insta Wedson Mendes Hipnoterapeuta
  • Face Wedson Mendes Hipnoterapeuta

QUEM JÁ CONHECE

NOSSO TRABALHO

Essas pessoas, assim como você, também buscavam mudanças significativas em suas vidas.

Valmir Aureliano - Professor

VALMIR AURELIANO

Professor

Quando me falaram da Hipnoterapia eu fiquei com muito medo. Me reportei aos tipos de hipnose que via nos filmes e novelas, onde a pessoa é 100% dominada por quem hipnotiza e faz coisas fora do seu controle. Nos filmes e novelas quem passa pelo processo parece ser robotizado e obedece a comandos, porém, de maneira inconsciente.

 

Na Hipnoterapia é totalmente diferente. Você tem o controle das coisas e nada acontece, nem mesmo a hipnose se você não se permitir. Ninguém te controla. Você mantém o controle!

 

Eu vinha de um estágio de depressão nível 4, há aproximadamente 4 anos. Tentei suicídio 2 vezes. Da última vez, há 20 dias, me deram 20% de chance de sobrevida. Fiquei 24 horas inconsciente.

 

Já havia feito sessões com psicólogo, psicanalista, Coaching, psiquiatra. Não havia mais recursos para mim. Pensei comigo: "é a última coisa que vou entrar: a Hipnoterapia. Se não der certo, só Deus, se Ele quiser. Se Ele não quiser, viver assim não viverei. Me mato."

 

Cheguei na clínica com esse pensamento: se não der certo, acabou para mim. Eu não cantava mais, a não ser na igreja, por obrigação. Sou Pastor e também toco e canto na igreja. Cantava porque era obrigado a cantar.

 

Quando terminou a terapia entendi que a mudança começa em mim. Ainda estou meio perdido, porque sinto que dentro de mim algo mudou. Estou cantando, sinto alegria, paz, vontade de continuar vivo. Mas as pessoas que conseguiam me afligir continuam aqui. Sei que não importa o que eles digam, façam ou deixem de fazer. A mudança começa em mim. Não são eles. Sou eu.

 

Você que se identifica com essa história, que perdeu o interesse pelas coisas, tem sentimento de desesperança quanto ao futuro, desejo de se isolar, não ver ninguém,  sumir, pensamentos persistentes de suicídio, te indico um caminho: a Hipnoterapia.

 

Wedson e Amanda foram usados por Deus para fazer toda a diferença em minha vida. Eu não tinha expectativa de vida. Eles me trouxeram de volta.

Juliana Barreto - Advogada - Depoimento

JULIANA BARRETO

Advogada

Infelizmente, o processo de hipnoterapia não é tão disseminado, o que por muitas vezes nos leva a questionamentos preconceituosos.

 

Todavia, foi no processo de hipnoterapia que eu me reencontrei.

 

Me reencontrei com o meu "eu" criança e tive a oportunidade de me fortalecer enquanto mulher.

 

Hoje, compreendo, e muito, parte do meu comportamento, atitudes e pensamentos.

 

Assim, a hipnoterapia entrou em minha vida, possibilitando o fechamento de ciclos e a abertura de novos ciclos, a diferença é que minha motivação agora é ser livre: de corpo, mente e alma, preenchida por uma única certeza, a liberdade de toda e qualquer emoção de sofrimento.

Tatielle Bispo - Recursos Humanos - Depoimento

TATIELLE BISPO

Recursos Humanos

Conheci hipnoterapia quando estava com alguns problemas familiares, já tinha ouvido falar muito da hipnose de palco e não sabia que a hipnose 

poderia ser usada para tratamentos. Um dia, Amanda me explicou como funcionava, a partir daí, fiz minha primeira sessão e foi uma experiência magnífica.

 

Consegui me reencontra com meu "eu" criança, tive a oportunidade de compreender algumas situações.

 

Hoje, depois que conheci a Hipnoterapia, tive uma mudança notória e consegui me reconectar comigo mesma.

COMO ELES PODEM TE AJUDAR?

Depois de testarem tudo que trouxe resultado e deu certo em seus processos de autoconhecimento, nossos hipnoterapeutas comprovaram e aperfeiçoaram algumas ferramentas e técnicas para realizar uma transformação junto contigo.

HIPNOSE

É o primeiro passo para aquelas pessoas que desejam conhecer e vivenciar essa experiência chamada hipnoterapia, ou ainda, para aqueles que estão em busca apenas de um relaxamento ou de um momento de concentração.

HIPNOTERAPIA

É uma forma simples e eficaz de buscar todas as respostas que precisa para compreender o motivo do seu sofrimento.

 

O tratamento realizado através da hipnoterapia pode te ajudar a livrar-se de vícios, medos, hábitos ruins, crenças limitantes, transtornos, fobias, ansiedade, depressão, estresse, doenças físicas, etc. 

OMBRO AMIGO

Sabe aqueles dias que tudo que você precisa é de uma pessoa para te ouvir e você desabafar? Foi exatamente para isso que criamos o “Ombro Amigo”.

Além de te ouvir, nossos profissionais irão analisar os aspectos envolvidos, sem envolvimento pessoal, de forma que consigam visualizar as melhores saídas e possam lhe auxiliar com orientações e informações que, talvez, não tenham sido pensadas ou percebidas por se encontrarem dentro dos problemas.

ANÁLISE COMPORTAMENTAL

Esta é considerada por nossos terapeutas o primeiro passo da jornada pelo autoconhecimento.

 

Uma forma simples, rápida e eficaz de identificar seu perfil comportamental e de te ajudar a se conhecer e saber como realizar seus objetivos de modo mais assertivo.

Você pode realizar apenas um dos processos ou unir todos e potencializar os seus resultados na busca pelo autoconhecimento.

E QUAIS OS BENEFÍCIOS?

A partir do momento que iniciar essa jornada de autoconhecimento, identificar seus sabotadores e começar a trabalhar neles você vai perceber e desfrutas de uma vida sem muita coisa que te fazia sofrer e perder o controle de sua vida. Vai ser comum, logo nos primeiros momentos, você desfrutar de conquistas como estas:

aprenda a administrar suas emoções
acabe com o estresse
supere a depressão
aprenda a lidar com a ansiedade
ganhe mais confiança
descubra seu propósito
supere seus medos e traumas
cresça profissionalmente
acabe com a procrastinação
alcance seus objetivos pessoais e profissionais

VEJA ALGUMAS DÚVIDAS FREQUENTES

Hipnose tem relação com algo espiritual?


Não. Hipnose tem relação, apenas, com a capacidade da sua mente de imaginar e se concentrar apenas em uma só ideia. Você fica no estado de hipnose várias vezes ao dia, enquanto assiste televisão, no celular, conversando com alguém. Esse estado acontece espontaneamente ou pode ser induzido por um hipnotista.




Vou lembrar de tudo ao final da sessão de terapia?


Com certeza. A hipnoterapia é feita por você através do auxílio do hipnoterapeuta. Durante todo processo você estará consciente e ouvindo as instruções. Justamente por isso, ao término você lembrará de tudo que ocorreu.




A hipnoterapia apaga as memórias?


A hipnoterapia não tem essa finalidade.

Por mais dolorosa que possa ser uma memória o objetivo é reeducar a sua mente à respeito das emoções associadas a essas memórias. Suas memórias continuarão aí, mas após a terapia não haverá mais dor sobre elas, pois sua mente será reeducada para isso.




Vou ter que ficar indo toda semana para os atendimentos?


Na grande maioria dos casos, muitas questões são trabalhadas desde a primeira sessão trazendo compreensão e alívio. Isso só é possível pelo fato de a hipnoterapia ir na raiz do problema, não trazendo assim, a necessidade de um acompanhamento semanal.




Será que vou conseguir entrar em hipnose? Não tenho muita concentração.


Todas as pessoas são hipnotizáveis, pois a hipnose é uma capacidade intrínseca à mente. Durante o processo, sugestões específicas serão dadas para melhorar a concentração e a terapia ter um bom andamento.




Vou parar de sentir meu corpo?


Não. O que pode acontecer é que, através das sugestões de indução para entrar em hipnose, você pode relaxar bem o seu corpo. Porém, cada pessoa entra em hipnose de uma forma. Uns relaxam mais, outros menos.




Crianças podem fazer hipnoterapia? Tem uma idade para isso?


Sim. As crianças podem fazer hipnoterapia e elas precisam ter idade suficiente para seguir instruções e compreender o que o hipnoterapeuta solicitar.




Mulheres grávidas podem fazer terapia?


Em geral, sim. Só é contraindicado quando a gestante está com indícios de gestação de alto risco, onde haja impedimentos físicos.




Depois da hipnoterapia nunca mais terei problemas na vida?


Não. O que acontece é que provavelmente você não sofrerá mais com o problema que trouxe para terapia. Porém, não temos como prever que outras coisas não possam gerar outros problemas.




O hipnoterapeuta tem domínio sobre a minha mente?


Não. O hipnoterapeuta é apenas um profissional que sabe te conduzir pelos caminhos da sua mente através do estado de hipnose. Porém, que fique claro que todo esse processo só é possível se você quiser, pois toda hipnose é auto-hipnose, ela ocorre apenas na sua mente e não na mente do hipnotista.




Qual a duração de uma terapia?





É necessário ser psicólogo para ser hipnoterapeuta?






Siga nossas redes sociais

Você pode nos chamar a qualquer momento pelo Whatsapp clicando em qualquer um dos botões verdes e falar diretamente com nossos terapeutas.

 

Mas, caso queira enviar dúvidas, sugestões, elogios ou fazer algumas perguntas pode usar o formulário ao lado.

© 2020 Campanha Eu mereço ser feliz.

Contato

Para maiores informações, preencha seus dados no formulário abaixo